Este é um blogue onde a criatividade anda sempre activa seja na cozinha, na decoração ou no artesanato. Entre e encontre a sua inspiração.
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
30
31
arquivos
Posts mais comentados
29
Out
11

Nesta altura em que todos estamos a pensar onde podemos cortar nas despesas é uma boa altura para repensar as assinaturas de revistas que temos e se realmente valem a pena.

 

A minha primeira sugestão é que vejam com os amigos e familia quem assina determinadas revistas e vejam se podem fazer uma troca todos os meses. Cada um assina uma revista diferente e trocam as revistas de lidas. Assim maximizam os gastos e todos continuam a ler as revistas que sempre gostaram de ler.

 

Também devem analisar se vale mesmo a pena ter uma determinada assinatura. Costuma mesmo ler a revista ou ela fica pousada desde que chega pelo correio até ser hora de ir para o ecoponto? Se ela ficar intocada durante um mês ou mais se calhar é melhor ponderar mesmo o cancelamento, e não negociar, a assinatura.

 

Algumas pessoas assinam revistas de programação de Tv... podem começar a pensar cortar por aí uma vez que além de estar disponibilizada gratuitamente na internet a programação de muitos (senão mesmo todos) canais, as próprias operadoras de Tv por cabo oferecem esse serviço. Revistas de culinária são outro exemplo. Existem milhões (mesmo!!!!) de sites com receitas. Precisam mesmo de assinar uma revista? E quantas revistas e livros já têm em casa? Não podem começar a usar o que já anda aí em casa? Pensem bem... qualquer diminuição nos gastos é mais dinheiro que sobra para compras essenciais!

 

Se mesmo assim pensam em continuar com uma assinatura tentem renegociar o valor, principalmente se já são assinantes há muito tempo. A maioria das editoras tem condições especiais de adesão que costumam oferecer aos subscritores antigos se estes pensarem em desistir. É uma forma de marketing para manter um subscritor. Claro que não vos vão oferecer um preço mais vantajoso se não forem vocês a pedir. Por isso, ponderem gastar uns minutos a escrever um e-mail ou a telefonar para reduzirem o valor.

 

Há dias fiz isso com as revistas da DECO. Não era minha intensão deixar de assinar a revista pois gosto imenso tanto das revistas como dos guias que têm sido oferecidos nos últimos meses. Por isso, liguei para lá e perguntei qual a possibilidade de reduzir o valor da assinatura pois tinha de cortar despesas em algum lado e tinha de começar pelo não essencial. A senhora perguntou-me se a questão era apenas monetária e eu respondi que sim. Então ela ofereceu-me a proposta de reduzir para 50% o valor da assinatura durante 12 meses! Claro que gostei imenso da ideia e aceitei.

 

No caso de outras revistas, sugiro que primeiro vejam os sites e se existe uma campanha para novas adesões. No caso de não vos oferecem a redução, o que duvido, podem sempre cancelar a assinatura e depois voltar a fazer mais tarde quando as finanças domésticas melhorarem e houver preços melhores. Acredito que com esta crise instalada, muitos produtos vão simplesmente baixar de preço para não perder compradores. É a lei do mercado. Só é necessário estar muito atento ;)

 

Além disso podem ver se conseguem ler as vossas revistas preferidas numa biblioteca próxima de casa ou do emprego. Podem por exemplo aproveitar a hora de almoço do trabalho, uma ou duas vezes por semana, para colocarem a leitura em dia na biblioteca mais próxima.

 

E vocês vão deixar de assinar revistas? Ou vão negociar as que já assinam?

publicado por criatividade-em-movimento às 08:14
28
Out
11

Se há sobremesa que eu adoro é crepe com gelado! Lembra-me a adolescência e as tardes passadas à beira-mar no ponto de encontro da malta! E então esta sobremesa fez-me voltar a tempos bons...

 

 

Ingredientes

 

Para os crepes:

  • 1 embalagem de preparado para crepes Branca de Neve

  • 500ml de leite à temperatura ambiente

  • 25g de margarina derretida

Para o gelado:

  • 1 Lata de Leite Condensado Magro

  • 1 Medida (da lata) de Leite

  • 6  Gemas de ovos

  • 150 g Morangos

  • 2.5dl  Natas

Para a decoração:

  • Compota de morango

 

Preparação

 

Para os crepes:

Preparar de acordo com as instruções da embalagem. Reserve.

Para o gelado:

Leve ao lume o leite e deixe-o ferver. Numa tigela misture o leite condensado com as gemas e mexa bem. Junte o leite quente em fio, mexendo sempre. Deite a mistura num tacho e leve a lume brando, sem parar de mexer. Logo que comece a querer ferver, retire do lume e deixe arrefecer. Lave os morangos, enxugue-os e retire-lhes o pé. Reduza 100 g a puré e corte os restantes em pedaços pequenos. Junte ao creme frio, adicione as natas batidas em chantilly (sem açúcar) e misture bem. Deite na sorveteira e deixe bater seguindo as instruções do aparelho. Leve ao congelador até ao momento de servir.

Montagem e decoração:

Colocar o crepe no prato e colocar uma bola de gelado por cima. Dobrar o crepe por cima do gelado e decorar com compota de morango.

 

Bom apetite!

publicado por criatividade-em-movimento às 08:09
27
Out
11

Após este meu post, algumas de vocês têm enviado e-mails a perguntar como consegui renegociar o meu contrato. Como pensei que a dúvida fosse comum a mais leitores resolvi desenvolver o assunto.

 

Primeiro de tudo tenho de dizer as condições iniciais do serviço. Eu tinha o serviço Sapo ADSL 12Mb com trafego ilimitado mais a linha telefónica com chamadas gratuitas à noite e fins de semana por cerca de 22€!

 

Assim, e como preciso poupar nas despesas, enviei um e-mail ao serviço de apoio aos cliente que dizia o seguinte:

 

Boa tarde,

 

Já sou vossa cliente há quase 2 anos e neste momento gostaria de rever o meu tarifário uma vez que tenho necessidade de cortar nas despesas correntes da minha habitação.

Neste momento estou com o tarifário Sapo 12mb com chamadas gratuitas à noite e fins de semana.

 

Gostaria de saber quais as soluções mais vantajosas que têm neste momento.

Peço por favor que tenham em conta que:

  • Não tenho qualquer serviço de televisão paga nem desejo ter.
  • o telefone fixo muito raramente é usado mesmo nas horas de chamadas gratuitas
  • Faço um uso corrente da internet e neste momento não tenho qualquer necessidade de velocidades elevadas
  • Desejo manter o trafego ilimitado.

 

Obrigada pela vossa atenção e fico a aguardar um contacto vosso

 

Reparem que nunca pedi para suspender o serviço!

 

Após isto recebi um contacto do apoio ao cliente. Claro que me vieram com a conversa que não havia tarifário mais vantajoso na concorrência. Eu respondi que havia. Poderia não ser em termos de serviço mas era em termos de preço e neste momento eu procurava sobretudo uma redução na despesa mesmo que isso implicasse a perda de alguns serviços.

 

Então passaram a chamada para a Negociação. E outra vez a conversa do não haver melhor tarifário equivalente. Expliquei à menina que não era a minha prioridade manter exactamente os serviços que tenho mas sim reduzir a despesa. Perguntou-me se tinha Tv por cabo. Respondi que não e que em virtude de não ver quase Tv nenhuma não via a necessidade de ter mais do que os 4 canais livres que raramente vejo.

 

Então ela fez-me a proposta de passar a ter:

  • chamadas gratuitas todo o dia para a rede fixa + 50% desconto numa rede móvel à escolha (0,15€/minuto) pelo menos preço que já pagava na assinatura do telefone (10,50€)
  • 3 meses promocionais de internet a 4,50€ (poupança de cerca de 6€)
  • 3 meses gratuitos de musicbox

Além disso, disse-me que após estes 3 meses, se existir uma nova campanha de adesão poderei novamente pedir para aderir a elas.

 

Como o objectivo é reduzir nas despesas, aceitei a proposta e pelo menos até ao fim do ano pago menos uns euros na factura. Como normalmente há sempre campanhas por altura do Natal penso que poderei voltar a conseguir esta poupança!

 

O meu objectivo era conseguir uma poupança mais alargada no tempo mas neste momento não me ofereceram a opção de ficar sem a linha telefónica e ficar apenas com a internet que era o que eu mais queria. Foi-me dito que tal não era possível. Talvez em breve venha a ser... mas para já a despesa já diminui e esse era o principal objectivo. Quando terminar esta promoção vou tentar novamente. Porque tentar não custa ;)

 

E vocês já conseguiram reduzir a despesa nas telecomunicações?

publicado por criatividade-em-movimento às 08:08
26
Out
11

Muita gente me tem perguntado se faz diferença usar fermento biológico fresco ou seco na MFP. Pela minha experiência, e apenas com isso como base, não há diferença. Ambos funcionam!

 

Qual a diferença então! Para mim o preço e a forma de armazenar! Por norma, o fermento biológico seco é mais caro mas o fresco tem a desvantagem de ter um prazo de validade mais curto.

 

 

Existem muitas marcas de fermentos secos no mercado. Eu já experimentei umas quantas diferentes e até agora não tenho queixa de nenhuma. Agora estou a usar um que comprei na Casa Januário. É uma embalagem de 500gr que me custou 4€! Fica muito mas muito mais barato que comprar aqueles pacotinhos individuais nos supermercados! Além disso faço pão pelo menos duas vezes por semana, fora quando faço pizza ou outras massas. Por isso compensa-me comprar assim esta quantidade. Conserva-se bastante tempo e o principal cuidado que se deve ter é de não o guardar perto de locais húmidos.

 

Podem comprar qualquer dos fermentos nos supermercados. Por normal o fermento seco encontram junto das farinhas, fermento químico e preparados para bolo. O fermento fresco costuma estar junto da padaria/pastelaria nas arcas frigoríficas. Para quem tiver acesso a lojas de produtos para padaria e pastelaria também costumam encontrar por lá.

 

E como converter a quantidade de fermento fresco em seco e vice-versa? Bem segundo o que eu andei a ler pelo cibermundo o fermento seco é mais "concentrado" que o fresco e por isso é preciso uma menor quantidade. A razão é de sensivelmente 1/3 de seco para uma determinada quantidade de fermento fresco. Para ser mais fácil deixo aqui algumas medidas básicas. As outras basta usarem multiplos ou a calculadora ;)

 

fermento fresco <-> fermento seco 

10gr     =      3gr

15gr     =      5gr

20gr     =      7gr

30gr     =     10gr

 

Se tiverem mais alguma questão, deixem nos comentários sff ;)

publicado por criatividade-em-movimento às 08:29
25
Out
11

Uma vez que já recebi o mail a que esta alerta se refere um "trilião" de vezes, acho que vale a pena divulgar que não passa de um boato.

 

Aqui fica o esclarecimento da própria Nestlé!

 

Caro Consumidor,

Voltou a surgir um rumor na internet acerca da recolha de boiões de frutas da Nestlé. A informação que circula não corresponde à realidade, pelo que contamos consigo para ajudar a esclarecer a situação e repor os factos!

No dia 29 de Junho de 2011, a Nestlé França anunciou a recolha voluntária de um lote específico de "Nestlé P'tit Pot" 80g (variedade banana, com o lote L10980295, com prazo de validade de 10/2012 e código de barras 7613033089732), no seguimento de uma reclamação efectuada por uma Consumidora que referiu ter encontrado dois pedaços de vidro no interior de um frasco.

Como medida de precaução, a Nestlé decidiu recolher este lote do mercado francês. Foram tomadas todas as medidas necessárias para averiguar a causa do incidente, em parceria com as autoridades competentes, tendo-se concluído que se tratava de um caso único e isolado.

 

Este produto não é comercializado em Portugal, apenas em França, e mais nenhum produto da Nestlé, em qualquer outro país, foi afectado.

A Qualidade e a Segurança dos nossos produtos constituem prioridades não negociáveis para a nossa Companhia.

Reenvie por favor esta mensagem a familiares e amigos que possam ter interesse nesta informação.

 

 

Na eventualidade de necessitar de algum esclarecimento adicional sobre esta ou outra questão, poderá sempre contactar-nos através da nossa Linha Bebé Nestlé 800 201 937, nos dias úteis entre as 08:30 e as 18:30, ou, se preferir, poderá sempre contactar-nos através do nosso e-mail: faleconnosco@pt.nestle.com .

 

tags:
publicado por criatividade-em-movimento às 08:37
24
Out
11

Por norma em casa não uso farinhas preparadas para pão. Em primeiro lugar porque são caras e em segundo lugar por são limitadoras. Muito honestamente dá-me prazer fazer a mistura à minha maneira e especialmente controlar a quantidade de sal. E ao contrário do que se possa pensar não dá assim tanto trabalho. E a poupança compensa qualquer trabalho adicional a abrir o pacote e despejar a farinha na cuba!

 

 

Pão semi-integral com sementes

 

Ingredientes:

  • 300ml de água
  • 3 a 5 gr de sal
  • 200gr de farinha de trigo integral
  • 300gr de farinha de trigo
  • 20gr de fermento biológico fresco ou 6gr de fermento biológico seco
  • 30gr de sementes a gosto (usei de sésamo e linhaça) 

Preparação:

 

Colocar os ingredientes na cuba da MFP pela ordem indicada. Seleccionar o programa de pão básico e ligar.

 

Bom apetite!

publicado por criatividade-em-movimento às 12:37
22
Out
11

No Porto e Lisboa e são gratuitos! Se poderem ir aproveitem ;)

 

Workshops de Cor CIN

 (clicar na foto para ir para o site)

publicado por criatividade-em-movimento às 09:21
21
Out
11

Quer esteja a passar por um momento de necessidade de cortar nas despesas lá de casa ou não, se já é cliente de uma determinada operadora de telecomunicações pense em renegociar o valor que paga actualmente.

 

Comece por pesquisar um pouco os custos da concorrência para saber do que fala quando for pedir um preço mais atrativo. Depois escreva um email ou telefone para a linha de apoio ao cliente (geralmente gratuita) para pedir um plano melhor adquado às suas necessidades.

 

Se tem Tv por cabo avalie se realmente precisa de ter tantos canais. Quantos das dezenas que tem realmente vê? Algumas operadoras já possuem um pacote básico onde é possível "comprar" apenas alguns canais à parte. Pode parecer pouco mas às vezes pode resultar numa poupança considerável no orçamento familiar.

 

Para quem tem canais premium como os de desporto, filmes ou infantis, ponderem se realmente compensam o custo. Por exemplo o vosso marido é fanático por futebol e não pode ficar sem Sport Tv! Vejam se na família há mais alguém que viva próximo com essas condições e ponderem se não seria melhor em dias de grandes jogos fazer uma reunião familiar em casa de um e todos viam o jogo. O valor da mensalidade do canal seria repartida por todos assim como as minis e os petiscos a levar para o dia dos jogos para estarem todos entusiasmados a ver os grandes jogos!

 

Por exemplo, eu não tenho qualquer serviço de televisão paga em casa. Praticamente não vejo televisão em casa. É muito raro e a pouca que vejo quase se resume a telejornais. Além disso vejo filmes e séries mas como na Tv nunca passam a horas que eu possa ver (a desvantagem de ser trabalhadora-estudante e dona de casa!) prefiro ver no DVD e assim vejo quando quero e posso! Claro que nem toda a gente pensa assim mas acredito que devem avaliar que canais realmente costumam ver e se vale a pena ou não ter o serviço de Tv paga ou ter o serviço que actualmente têm.

 

Seja qual for a sua operadora tente que lhe reduzam o valor que paga ou lhe sejam oferecidos mais serviços pelo preço que actualmente paga. Claro que isto apenas funcionará se já for cliente há algum tempo. Por norma a partir do final do 1º ano de contrato as operadoras já estão dispostas a negociar para não perder clientes.

 

Se tiver contratos diferentes para telefone, internet e televisão pondere as opções de tudo em um. Normalmente ficam consideravelmente mais baratas e por vezes até com melhor serviço. E depois têm como vantagem de serem mais fáceis de negociar suplementos ou baixas de preço. A desvantagem é que quando um serviço falha normalmente... falham todos!

 

Mesmo para quem não tem Tv paga (como eu!) existe a possibilidade de baixar um pouco o preço das mensalidades. Podem por exemplo aproveitar as mesmas campanhas que as novas adesões benificiam. Normalmente são por periodos limitados no tempo é verdade... mas ajudam a poupar. E se poderem poupar 5€ por mês durante 3 meses no final serão 15€ poupados, um valor (geralmente) próximo de uma mensalidade!

 

Ponderem sempre as mudanças com calma. Por vezes as operadoras vão vos oferecer mais serviços que no momento podem parecer vantajosos mas que no futuro poderão trazer mais encargos. É o caso dos primeiros meses grátis. Se quiserem mesmo experimentar, certifiquem-se dos valores a pagar após o periodo experimental e qual o período de permanência obrigatória. Não saltem logo a dizer que aceitam só por é gratuito!

 

Boas negociações!

publicado por criatividade-em-movimento às 09:48
08
Out
11

Obrigada a todos os que participaram da Oferta de Brindes do Essencia Gourmet.

 

As participações foram mais de uma centena o que me deixou muito contente!

 

E então a participação vendedora é....

 

 

O que corresponde a...

 

 

PARABÉNS!!! Durante esta semana o prémio segue pelo correio para a morada indicada.

 

Quanto aos restantes, estejam atentos pois em breve haverá mais ofertas aqui no blog ;)

tags:
publicado por criatividade-em-movimento às 20:32
05
Out
11

A minha amiga V. recentemente viajou com a família (2 adultos + 3 crianças) para a Disneyland Paris e fez uma poupança de tal ordem que, nós os amigos, quisemos saber detalhes! Pois bem, com a devida autorização da V. eu vou aqui mostrar como ela conseguiu poupar cerca de 50% do que pagaria se seguisse a hipótese mais rápida!

 

Então a primeira coisa que a V. fez foi pedir orçamentos a agências de viagem para uma ida à Disneyland Paris em Setembro! Para alojamento, viagens, tranfers e bilhetes do Parque de diversões deram-lhe um orçamento de 3600€ :O

 

Depois partiu em busca do que lhe dava mais jeito à carteira! A V. deixa ainda a ressalva que a maioria dos hotéis não acomoda mais de 2 crianças no quarto dos pais por isso se o vosso caso for idêntico ao dela certifiquem-se bem antes de fazer a reserva!

 

Aqui fica o relato da poupança da V. ;)

 

 

 

Voos, em lowcost está claro!

Do Porto tem a Ryanair, escolham o aeroporto de Beauvais. Podem ainda viajar pela Transavia para Orly Sud. Do Porto e Lisboa tem ainda a Easyjet.

Transfer para a Disney:

 

Se voarem pela Transavia ou pela Easyjet é mais fácil e económico apanhar nos respectivos aeroportos o autocarro da Disney, o VEA, consultem os horários e preços no site.

Para quem voa para Beauvais também existe a VEA mas não aconselho. Fica mais caro. O ideal é alugar taxi. Foi a minha opção e ainda assim ficou mais barato do que se tivesse optado por voar para Orly e depois fosse de VEA.
Para terem uma ideia, se voasse pela Transavia e depois fosse de VEA, ter-me-ia ficado por 1068€ ida e volta. O voo pela Ryanair para Beauvais mais o táxi ida e volta ficou por 820€. Além disso o horário do voo de regresso pela Ryanair é à noitinha o que me permitiu desfrutar de mais um dia na Disney.

O serviço de táxi mais barato que encontrei foi este mas podem ainda espreitar este. Fiquei satisfeita com o serviço e recomendo. Deixaram-me no hotel e apanharam-me no hotel no regresso. Há empresas que deixam ficar os clientes na Disney. Uma outra vantagem, reservei com antecedência e so paguei na hora, depois de feito cada percurso.


Agora o mais importante, Hotel e entradas para a Disney.

Duas opções
1- comprar o pacote completo no site da Disney
2- reservar hotel e comprar bilhetes Disney separadamente. (optei por esta, para o mesmo hotel poupei 250€ e ainda fiquei mais uma noite)

Para que percebam bem esta parte vou colocar aqui um exemplo:
Reserva no site da Disney para o Hotel Addagio, 4 noites,7 a 11 de Setembro e bilhetes disney para 5 dias: 1260€
Reserva do mesmo hotel directamente no site do hotel ou no Booking, 5 noites, 7 a 12 de Setembro, 440€ + 5 bilhetes anuais Fantasy Disney 555€. TOTAL 995€

Atenção na reserva dos hotéis, verificar SEMPRE se têm serviço de transporte gratuito para a Disney. No site da Disney podem obter toda a informação. Explorem o site, explorem as várias opções, vejam as diferenças de preços dos hotéis Disney e dos hotéis associados.


BILHETES:

Se comprarem um pacote completo já inclui os bilhetes para os dias que marcarem, por exemplo, 3 noites tem bilhete para 4 dias.

Se comprarem tudo separado o bilhete anual pode ser mais vantajoso.
Os bilhetes custam para 4 dias 159€ e 134€ para adulto e criança respectivamente, 135€ e 115€ para 3 dias.
O bilhete anual Fantasy custa 139€, tanto para adulto como para criança mas ainda beneficiam de descontos nos restaurantes e lojas. Além disso tem a validade de um ano, se quiserem voltar não tem de voltar a pagar bilhete. Tem é de estar atentos às datas em que o bilhete não permite a entrada. Além deste há ainda um mais barato que tem mais dias de restrição e outro mais caro que não tem restrições.

 

 

E assim aqui ficam algumas dicas. Se estiverem a planear viagens à Disneyland Paris já sabem com poupar!

publicado por criatividade-em-movimento às 08:17
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Em primeiro lugar desejo-te um bom ano 2014!!!Gost...
Um 2014 feliz e cheio de objectivos realizados!Bei...
Destralhar é um processo lento... E muito mais psi...
Não duvido que os consigas realizar todos.És uma m...
Fico feliz por ti, com esse balanço tão positivo. ...
Obrigada, desejo o mesmo para si e para a sua famí...
Receita? Não há receita!É só meter o açúcar na pic...
Olá!Tb adoro o blog da Rita Domingues e tb tenho a...
Como te compreendo amiga,...Beijinhos,Espero por t...
Como é a receita?
blogs SAPO